Servidores de universidades mantém greve e novo período pode ser prejudicado

A greve dos técnicos administrativos das universidades federais já completou 24 dias e ainda não foi reaberta a negociação da categoria com o Ministério do Planejamento. De acordo com a coordenadora-geral da Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores das Universidades Brasileiras (Fasubra), Léia Oliveira, a expectativa é que esta semana a pasta responda ao pedido de agendamento de uma nova audiência.

Funcionários de 45 universidades federais já aderiram à paralisação, entre eles os servidores da Universidade Federal do Piauí. A categoria pede que o piso salarial seja reajustado em pelo menos três salários mínimos. Segundo a Fasubra, o vencimento desses servidores atualmente é R$ 1.034. A entidade já tinha iniciado as negociações com o Ministério do Planejamento, mas as conversas foram interrompidas com a deflagração da greve.

Como ainda não houve avanço nas negociações, o temor das universidades é que a greve se estenda e prejudique o início do próximo semestre letivo. Apesar de os técnicos não terem ligação direta com a sala de aula, a paralisação afeta a prestação de serviços administrativos como o processo das matrículas. Atualmente todos os serviços realizados pelos servidores estão paralisados, o principal exemplo é a biblioteca da UFPI que só funciona para devolução e renovação de livros.

O ministro da Educação, Fernando Haddad, já se reuniu com o comando de greve e está trabalhando na interlocução com o Ministério do Planejamento. Segundo ele, a ideia é aproveitar o período de recesso para resolver o problema e assim não comprometer o calendário do próximo semestre.

Cinco universidades francesas contratam pesquisadores internacionais

Universidades francesas contratam pesquisadores internacionais. Ao todo são oferecidas 26 vagas na Université Paris-Sud 11, Universidad de Versailles-Saint-Quentin-en-Yvelines, Université d’Evry-Val-d’Essonne, ENS Cachan e Ecole Centrale de París. Interessados terão duas opções de inscrições. A primeira delas prevista para encerrar no dia 30 de junho e a segunda com previsão de abertura para abril de 2012.

Há 20 oportunidades para pesquisadores juniores e outras 6 para profissionais seniores. Serão aceitas candidaturas nas áreas de Biologia, Química, Clima e Ciências da Terra, Ciências da Computação, Economia, Direito, Ciências de Gestão, Engenharia, Ciências do Sistema, Ciências Humanas, Sociais, Ciências da Educação, Matemática, Ciências Médicas, Nanociências e Nanotecnologia e Física.

Os candidatos devem ter domínio da língua inglesa e não poderão ter passado mais de 12 meses na França durante os últimos três anos. Os aprovados irão atuar na França por até dois anos, com direito a remuneração – cujo valor varia de acordo com a universidade, bem como com o laboratório de pesquisa. Enquanto as contratações da primeira chamada serão realizadas entre novembro de 2011 e abril de 2012, na segunda chamada os resultados da seleção serão divulgados entre setembro e dezembro de 2012.

Confira a relação completa dos laboratórios e leia na íntegra o regulamento do programa.

Universia

Google lança novo concorrente para o Facebook

A disputa entre Facebook e Google está ganhando novos contornos. Depois de apanhar o Google está reagindo tentando avançar justamente sobre a área do Facebook: redes sociais enfatizadas justamente na privacidade. O produto que busca fazer frente ao Facebook é o Google +. Em parte as ideias são muito parecidas.

Divulgada pelo New York Times, a novidade do Google é justamente a segmentação através da rede social. O Google + é proposto a partir de pequenos grupos a partir de interesses comuns em que são partilhadas atualizações, fotos e links. Tudo se parece justamente com o… Facebook. Entretanto, para os mais apressados o Google ao divulgar o novo projeto promete justamente diferenças.

As diferenças, que serão necessárias para que o Google + não tenha o mesmo destino do Google Buzz, estão em aprofundar a segmentação da partilha de informações. Aqueles conhecidos que lhe adicionam após uma conversa rápida não estão entre as prioridades da rede social do Google. A proposta é partilhar as informações com o grupo mais particular de pessoas. Efetivamente as novidades são as mensagens em grupo e a possibilidade de chat em vídeo.

Os desafios não são poucos. Justamente pelo fracasso do Buzz e a crise no Orkut o Google quer tentar preencher um mercado onde falta sucesso. Além disso, um avanço do Google + sobre o Facebook seria uma oportunidade comercial Em maio, 180 milhões de pessoas visitaram sites do Google, incluindo YouTube, contra 157,2 milhões no Facebook.

Os números seriam positivos, mas usuários do Facebook olharam 103 bilhões de páginas e gastou uma média de 375 minutos, enquanto os usuários do Google visualizaram 46,3 bilhões páginas em 231 minutos. O desafio é grande e pelo visto daqui a pouco deve vir a resposta do Facebook.

Ataques a governos são marcados por congestionamentos e pichações

A semana passada foi marcada por ataques a sites do governo brasileiro. Da página da presidência até a do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) vários sites foram atacados, assim como prefeituras e outros endereços governamentais. De segurança frágil site após site foi caindo principalmente pelo congestionamento dos sistemas por pedidos de acesso.

Segundo dados do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) somente em uma noite de ataques, dia 22 de junho, foram 340 pedidos de acesso ao site em menos de uma hora. Os ataques são feitos pelo que o governo chama de “computadores robôs” que ficam solicitando os acessos até que o site deixe de funcionar pela sobrecarga de pedidos. Tanto o brasil.gov.br, quanto o presidência.gov.br sofreram com os ataques, mas outros sites como o IBGE e Receita Federal também passaram por problemas.

Em nenhum dos casos o governo chegou a perder o controle dos sites, exceto no caso do IBGE em que foi deixada uma “pichação”. Situação semelhante já aconteceu este ano no site do governo do Piauí. Após ser atacado o site continuou em funcionamento, mas com uma pichação relacionada as eleições de 2010 até que a Agência de Tecnologia da Informação (ATI) colocasse o site fora do ar para reparos.

2011 é ano de avaliação para escolas brasileiras

Pais de alunos que estão no quinto e nono ano do ensino fundamental. Este ano o Ministério da Educação vai realizar mais uma edição da Prova Brasil e a avaliação do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb). As provas acontecem entre os dias 7 e 18 de novembro. Serão avaliados as capacidades dos alunos em resolver problemas de matemática e questões de língua portuguesa.

A avaliação mais abrangente deve ser a Prova Brasil já que será aplicada em todas as escolas com 20 ou mais estudantes matriculados no quinto ano (quarta série) e no nono ano (oitava série) do ensino fundamental regular da rede pública. Escolas das zonas urbana e rural vão participar da prova e serão identificadas com os dados do censo escolar, que vai considerar as informações prestadas até o dia 14 de agosto.

Na avaliação do Saeb a metodologia será da amostragem e a avalição será sobre alunos de escolas que tenham de dez a 19 alunos matriculados no quinto ano (quarta série) e no nono ano (oitava série) do ensino fundamental regular público. As escolas com dez ou mais estudantes no quinto ano (quarta série) e no nono ano (oitava série) do ensino fundamental regular da rede privada também serão avaliadas.

A partir das provas será montado um quadro da educação brasileira através do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de cada unidade escolar pública que vai resultar em uma avaliação do município, dos Estados e do País.

Braskem oferece 20 bolsas de mestrado e doutorado

A Braskem – especializada na produção de resinas termoplásticas – oferece 20 bolsas de mestrado e doutorado para brasileiros com auxílios mensais de até R$ 2.500. Interessados podem se inscrever até 15 de julho, exclusivamente pela Internet.

Há oportunidades para projetos de pesquisas nas áreas de produtos químicos a partir de matérias-primas renováveis, soluções para o pós-consumo de plástico e desenvolvimento de processos, produtos e catalisadores para a indústria petroquímica. Serão oferecidas 10 bolsas de mestrado e 10 de doutorado nos valores de R$ 1.500 e R$ 2.500 por mês, respectivamente.

Para participar do processo seletivo é preciso estar regulamente matriculado em um curso de Mestrado ou Doutorado reconhecido pelo Ministério da Educação em qualquer universidade brasileira. Os candidatos devem ainda dedicar-se integralmente à pesquisa.

Todos os projetos serão avaliados segundo o estágio de desenvolvimento da tecnologia para o objetivo proposto, o custo e prazo de execução do trabalho e o currículo do proponente. Terão prioridades na seleção as propostas que contribuam para o desenvolvimento da química sustentável no país.

Os resultados da seleção serão divulgados a partir da segunda semana de setembro.

Universia

Brasil pode ter tablets mais baratos em 2012

Primeiro foram os iPad´s e no futuro os incentivos para produtos eletrônicos podem ser estendidos a outras empresas que produzam tablets. O Governo Federal estuda a ideia de aumentar os incentivos fiscais para produtos eletrônicos produzidos no Brasil. Os incentivos fiscais em geral contribuem para baratear os produtos que podem ficar entre os mais caros do mundo por causa dos impostos.

Os tablets da Apple que em breve devem começar a ser montados no Brasil vão ficar 31% mais baratos pelas isenções do governo. A intenção do governo é que no Brasil sejam montados mais tablets além do iPad. Pelo menos 8 empresas estariam prontas para começar a montar seus tablets no Brasil, dependendo apenas dos incentivos fiscais. Mas, por outro lado contrariando as previsões otimistas a Apple só vai mesmo começar a montar seus tablets no Brasil, satisfazendo seu público que aguarda preços mais baratos, em setembro. A previsão inicial era para julho, mas falta de mão de obra e problemas na obra da fábrica frustraram as expectativas iniciais.

Aos que não são fãs da Apple as outras empresas que segundo o governo podem montar tablets no Brasil são Positivo, Envision, Motorola, Samsung, LG, Itautec, Sanmina, Compalead, Semp Toshiba, AIOX e MXT.

Inscrições de candidatos a bolsas de estudos pelo Prouni começam nesta segunda

Estão abertas a partir desta segunda-feira, 20, as inscrições de candidatos a bolsas de estudos do segundo semestre de 2011 do Programa Universidade para Todos (ProUni). O prazo vai até sexta-feira, 24. Criado em 2004, o ProUni, programa do Ministério da Educação, oferece bolsas de estudos em instituições de educação superior particulares em cursos de graduação e sequenciais de formação específica.

Podem concorrer às bolsas os estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2010 e atingido no mínimo 400 pontos na média das notas em ciências da natureza e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; linguagens, códigos e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias e que tenham obtido nota na redação, mesmo que mínima.

As inscrições serão feitas em uma única etapa, com três chamadas sucessivas. Ao inscrever-se, o candidato pode escolher até três opções de curso e instituição.

O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 27 próximo. Os candidatos pré-selecionados terão prazo até 6 de julho para comprovar a documentação e fazer a matrícula na instituição de ensino indicada. A segunda chamada está prevista para 12 de julho, com prazo para confirmação de documentação até o dia 19. A terceira e última chamada será feita em 25 de julho, com prazo até o dia 29 para a matrícula.

Espera — Conforme o cronograma, ao fim das três chamadas, os candidatos excluídos da pré-seleção ou pré-selecionados em cursos sem formação de turma podem manifestar interesse em entrar na lista de espera. O prazo para manifestação de interesse vai de 6 a 8 de agosto. A lista será usada pelas instituições de educação superior participantes do programa para a oferta das bolsas ainda existentes.

Podem se candidatar às bolsas integrais estudantes com renda familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. As bolsas parciais são destinadas a candidatos com renda familiar de até três salários mínimos por pessoa. Além de ter feito o Enem 2010 e alcançado a pontuação mínima, o candidato deve ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou, em caso de escola particular, na condição de bolsista integral.

Professores da rede pública de ensino básico que concorrem a bolsas em curso de licenciatura, normal superior ou de pedagogia não precisam cumprir o critério de renda, desde que estejam em efetivo exercício e integrem o quadro permanente da escola na qual atuam.

Os candidatos devem fazer a inscrição na página eletrônica do ProUni. É necessário informar o número de inscrição e a senha usados no Enem de 2010, além do CPF. Caso seja necessário recuperar esses dados, o estudante deve buscá-los na página eletrônica do Enem.

Olimpíada Nacional de História abre inscrições

Muitos já ouviram falar da Olimpíada Brasileira de Matemática ou da Olimpíada Brasileira de Física. Nos últimos tempos também há destaque para a Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa. Mas, quem já tinha ouvido falar da Olimpíada Nacional em História do Brasil? Aos incrédulos: esta é a terceira edição do evento que no ano passado contou com 43 mil participantes.

A competição é composta por cinco fases online e uma presencial que envolve professores e alunos na resolução dos problemas propostos, com o objetivo de estimular o conhecimento e o estudo, despertando talentos e aptidões. Estão aptos a participar estudantes regularmente matriculados no 8º e 9º anos do ensino fundamental e demais séries do ensino médio, de escolas públicas e privadas de todo o Brasil.

Em cada equipe de três alunos é obrigatória a participação de um professor de história. A taxa de inscrição é de 20 reais para equipes de escolas públicas e 40 para equipes de escolas particulares. Ao final das cinco etapas on-line uma equipe de cada Estado vai participar da etapa nacional presencial. As inscrições vão até o dia 9 de agosto e a primeira fase da competição começa dia 15 de agosto. A fase presencial será realizada em 15 e 16 de outubro, na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Para mais informações a organização do evento montou um site especial.

Mais ataques são registrados nos Estados Unidos

Os Estados unidos Estão sob ataque. Calma, não é isso que você está pensando. O ataque é em um terreno que você não vê: a grande rede. Dessa vez são sistemas do Senado de lá e uma empresa de jogos que foram vítimas de um grupo de hackers; o Lulz Secutity. Os ataques foram registrados na segunda-feira, sendo que na empresa de jogos aconteceu pela segunda vez.

Entre os vários ataques estão os registrados contra os servidores do Fundo Monetário Internacional (FMI) que podem resultar em informações privilegiadas sobre economias em perigo nas mãos de especuladores financeiros. No caso da empresa de jogos o grupo de hackers informou que há dados de mais de 200 mil jogadores com eles. Enquanto a empresa de jogos não se manifestou, o Senado Americano confirmou que houveram tentativas de ataque no fim de semana passado.

Segundo o porta-voz do Senado não houve de fato uma invasão, mas arquivos públicos presentes no site foram afetados pelos hackers que tem em seu histórico as invasões dos sites da Sony Pictures e da PBS, a TV Pública dos Estados Unidos.